Arquivo Público

Gabinete Civil

Gabinete Civil do Estado de Alagoas

Histórico

Criado em 30 de dezembro de 1961 no Governo Luiz Cavalcante, o Arquivo Público de Alagoas vivenciou, de 1965 até a metade do ano de 2007, exatamente 42 anos de contínua degradação não só de suas instalações físicas e equipamentos, bem como do seu precioso e valioso acervo.

Ao final do ano de 2005, um movimento liderado pela Associação Nacional dos Professores de História – ANPUH – Regional de Alagoas, que reuniu historiadores, pesquisadores, profissionais de arquivologia e biblioteconomia, além de outros seguimentos envolvidos com a preservação da história de Alagoas, criaram o Fórum Pró-Arquivos e, consequentemente, o primeiro pleito foi sugerir ao Governo Teotônio Vilela a subordinação do nosso principal Arquivo ao Gabinete Civil, seguindo o exemplo do próprio Arquivo Nacional, que é subordinado à Casa Civil da Presidência da República.

A partir de 28 de junho de 2007, através da Lei Delegada nº 43, consolidada pelo Decreto Estadual nº 4.017, de 05.06.2008, o Arquivo Público de Alagoas passou a vivenciar uma nova realidade não só pelo reconhecimento da sua importância como depositário de um acervo que retrata a história do nosso Estado, mas também pela otimização das ações e processos proporcionados pelo Gabinete Civil.

 

Comissão Mista

Por meio da Portaria nº 106, de 20.06.2008, foi instituída a Comissão Mista, cujo objetivo é reestruturar organicamente o Arquivo Público, bem como reavaliar a Lei Estadual nº 6.236, de 06.06.2001, que instituiu o Sistema Estadual de Arquivos.

A referida Comissão é composta por Representantes do Gabinete Civil, Secretaria de Cultura, UFAL, UNCISAL, UNEAL, ITEC, ANPUH - Regional Alagoas e Fórum Pró-Arquivos e é presidida pelo atual secretário-chefe do Gabinete Civil, Fábio Farias.

 

Memórias Reveladas

O Arquivo Público de Alagoas (APA) é uma das entidades parceiras da Rede Nacional de Cooperação e Informações Arquivísticas, que objetiva construir o Portal Memórias Reveladas, cujo gestor, o Arquivo Nacional, visa possibilitar a divulgação e o acesso on-line às informações relativas às lutas políticas e sociais durante o regime militar no Brasil.

O Memórias Reveladas é uma iniciativa da Casa Civil da Presidência da República, e tem a Associação Cultural do Arquivo Nacional (ACAN) como interveniente junto à Comissão Nacional de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura, que permitiu, com a captação de recursos através da Lei Rouanet, na modalidade mecenato, garantir a viabilização do Projeto.

O Arquivo Público de Alagoas conta com o patrocínio do BANCO DO BRASIL, dando o necessário apoio financeiro para que as atividades previstas sejam desenvolvidas.

 

 Patrocínio

 Banco do Brasil             Lei de Incentivo à Cultura         Governo Federal

   Realização

 Associação Cultural do Arquivo Nacional

 

ARQUIVO PÚBLICO DE ALAGOAS
Rua Sá e Albuquerque, s/n. Jaraguá
Tel: (82) 3315-7879 - FAX: (82) 3315-7879
CEP - 57025-901 - Maceió - Alagoas

Horário de atendimento ao público: Das 8h às 14h.