Notícia

Gabinete Civil

Gabinete Civil do Estado de Alagoas
Quarta, 06 Setembro 2017 21:54
AGENDA 200 ANOS

Romaria dos devotos de Padre Cícero emociona o público do Chá de Memória

Programação de setembro no Arquivo Público está repleta de eventos em alusão aos 200 anos de Alagoas; Irmã Annette Dumoulin abriu a agenda do mês

Irmã Annette Dumoulin, que abordou o tema “As romarias dos devotos alagoanos de Padre Cícero” Irmã Annette Dumoulin, que abordou o tema “As romarias dos devotos alagoanos de Padre Cícero” Neno Canuto
Texto de Maria Barreiros

Levar conhecimento através de testemunhos e experiências ao longo dos 200 anos de história do Estado e também do Brasil, em diversas temáticas, é um dos propósitos do Projeto Chá de Memória, promovido pelo Gabinete Civil, por meio do Arquivo Público de Alagoas (APA). A convidada dessa terça-feira (5) foi a Irmã Annette Dumoulin, que abordou o tema “As romarias dos devotos alagoanos de Padre Cícero”.

A ação faz parte da programação mensal das comemorações do bicentenário de emancipação política de Alagoas e neste mês de setembro se tornará ainda mais especial, com três edições. A palestrante, Irmã Annete Dumoulin, emocionou a todos os presentes com seu depoimento.

“O Chá de Memória desta terça foi emocionante. Foi uma das melhoras palestras que fui na minha vida. Penso que toca muito na questão da espiritualidade, até mesmo às pessoas que a gente sabe que não são religiosas. Porque ela é muito preparada, já que é doutora em Educação, além da vivência dela de 40 anos no Juazeiro. Foram dados, informações, testemunhos. Valeu muito a pena ter ido”, relatou a escritora Fátima Maia.

O propósito deste Chá foi difundir a história dos romeiros alagoanos devotos de Padre Cícero. Na ocasião também houve o lançamento do livro “Padre Cícero: Santo da Igreja, Santo do Povo”, também da autoria da Irmã Annete Dumoulin.

Quem é Irmã Annette?

A religiosa Annette Dumoulin, doutora em Pedagogia e Ciências da Educação pela UCL (Bélgica), tem especialização em psicologia social. Ela é escritora de vários livros sobre Padre Cícero e estudiosa dos fenômenos das romarias até Juazeiro do Norte. É uma grande defensora de Juazeiro, do Padre Cícero e de seus romeiros. Importante destacar que ela fez parte da Comissão de Reabilitação Histórico-Religioso de Padre Cícero.