Notícia

Gabinete Civil

Gabinete Civil do Estado de Alagoas
Segunda, 29 Julho 2019 03:32
PERSONALIDADE

Pontes de Miranda será tema na 34ª edição do Chá de Memória

Evento é promovido pelo Arquivo Público de Alagoas e ocorre nesta terça-feira (30)

Arquivo Público de Alagoas promove na terça-feira (30) a 34ª edição do tradicional Chá de Memória, com lançamento de livro sobre o legado do jurista alagoano Pontes de Miranda      Arquivo Público de Alagoas promove na terça-feira (30) a 34ª edição do tradicional Chá de Memória, com lançamento de livro sobre o legado do jurista alagoano Pontes de Miranda     Divulgação
Texto de Wellington Santos

Com o tema o “O Legado de Pontes de Miranda na História e na Política”, Arquivo Público de Alagoas (APA) — órgão pertencente ao Gabinete Civil — promove a 34ª edição do já tradicional Chá de Memória. O evento ocorre nesta terça-feira (30), às 16h, na sede do APA, em frente ao Porto de Maceió, em Jaraguá, com entrada gratuita e direito a certificado de participação.

 

O público será brindado com quatro palestras proferidas pelos professores Sérgio Coutinho dos Santos; Fábio Lins Lessa, José Marques de Vasconcelos e Rodrigo Gomes Leite, com um amplo debate, posteriormente.

 

O alagoano advogado, publicista e jurista ingressou na magistratura como juiz de órfãos. Nessa ocasião, tinha mais três obras publicadas: História prática do habeas-corpus; direito positivo comparado, constitucional e processual (1916), Direito de família; exposição técnica e sistemática do Código Civil brasileiro (1917) e Sistema de ciência positiva do direito (1922). Trabalhou, em seguida, como desembargador do antigo Tribunal de Apelação do Distrito Federal, época em que também representou o Brasil em duas conferências internacionais: Santiago, no Chile, em 1923, e Haia, nos Países Baixos, em 1932. Essas experiências influíram em sua transferência para a carreira diplomática em 1939, quando foi nomeado embaixador na Colômbia.

  

Na ocasião, será lançado ainda o livro "História das ideias políticas de Pontes de Miranda", resultado da pesquisa do professor Sérgio Coutinho dos Santos para conclusão do curso de Ciências Sociais da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

 

Cientista social e jurista, o professor estudou obras políticas de Pontes de Miranda, esgotadas há mais de 50 anos, para sistematizar os fundamentos e as transformações das ideologias defendidas por seu objeto de estudo. “Foram analisados como documentos livros publicados entre os anos 1920 e a década de 1970, com uma investigação inédita em sua abrangência e no acesso às fontes”, disse Sérgio Coutinho.

  

Para a superintendente do APA, Wilma Nóbrega, a 34ª edição do Projeto Chá de Memória cumpre uma das principais missões do Governo Renan Filho: aproximação com a sociedade, trazendo à tona diversos temas de interesse da sociedade alagoana. “Francisco Cavalcanti Pontes de Miranda será o nosso homenageado nesta edição, promovendo o conhecimento e o reconhecimento sobre temas e personalidades alagoanas e aproximando cada vez mais o APA da sociedade”, ressaltou a superintendente.