Notícia

Gabinete Civil

Gabinete Civil do Estado de Alagoas
Quarta, 25 Setembro 2019 14:53
IMPERDÍVEL

Arquivo Público de Alagoas realiza 36ª edição do Chá de Memória em novo horário

Evento ocorre nesta terça-feira (24), agora às 19 horas, a pedido do público

Professor Douglas Apratto Tenório será o palestrante  do 36º Chá de Memória, que estreará em novo horário Professor Douglas Apratto Tenório será o palestrante do 36º Chá de Memória, que estreará em novo horário Adailson Calheiros
Texto de Wellington Santos

O Arquivo Público de Alagoas (APA), órgão vinculado ao Gabinete Civil, promove nesta terça-feira (24) o 36º Projeto Chá de Memória. Para esta edição, o Chá traz uma novidade ao público: estreia novo horário - agora às 19 horas.

 


A entrada é gratuita e ocorrerá na sede do APA, defronte do Cais do Porto de Maceió, em Jaraguá.

 

A superintendente do APA, Wilma Nóbrega, explica a razão do novo horário para o Chá de Memória. "Decidimos mudar o horário a pedido do próprio público ao verificarmos uma maior frequência por causa da melhor comodidade no período de 19 horas em outro projeto do APA que estreou recentemente, que é o Alagoanidade", informa Wilma. Antes, o Chá era realizado às 16 horas.

 

Nesta edição, o Chá terá como tema “Encantamento e Construção na História: o país dos alagoanos e Maçaió-k”, com palestra do professor Douglas Apratto Tenório. Na ocasião, serão lançados ainda dois livros de autoria do próprio palestrante.

 

Uma das obras do autor, que também é vice-reitor do Centro Universitário Cesmac, é “Maçaió-K, Maçayó, Maceió”, que traz a história dos feitos praticados de uma valorosa cidade mestiça, de origem indígena, que não nasceu espúria no pátio de um engenho colonial, como destaca na capa. “Contar a história de uma cidade é reescrever o passado escolhendo momentos que marcam sua construção. Foi isso que Douglas Apratto Tenório realizou no seu trabalho sobre a capital alagoana”, destaca o economista Cícero Péricles, que assina as orelhas da produção.

 

O outro livro é intitulado “A História do País dos Alagoanos”, trazendo nos capítulos toda trajetória que compõe a história contendo ocupações iniciais, títulos e fatos marcantes. Ainda sob o olhar do economista Cícero Péricles, o “autor transita muito bem nesses espaços, produzindo ensaios sobre temas caros a nossa história como a presença do açúcar, a guerra holandesa no século XVII, a cultura do algodão e da indústria têxtil, chegando ao século XX com uma interpretação sobre as oligarquias alagoanas numa época de transformações urbanas”, afirma o também pesquisador.

 

Os lançamentos dos livros são da Editora Cesmac, em coedição com a Editora da Universidade Estadual de Alagoas – Eduneal, recebendo o apoio dos magníficos reitores do Cesmac, João Rodrigues Sampaio Filho, e da Universidade Estadual de Alagoas, Odilon Máximo de Moraes.


Chá de Memória

O Projeto Chá de Memória visa à dinamização do Arquivo Público de Alagoas, com a realização mensal de palestras, mesas-redondas e debates sobre os mais variados temas envolvendo pesquisadores, historiadores e a sociedade alagoana. O objetivo é socializar o acervo do APA com estudantes, profissionais e pessoas interessadas pelas temáticas abordadas.


Serviço:

36º Chá de Memória com tema: “Encantamento e Construção na História: o país dos alagoanos e Maçaió-k”

Data: 24 de setembro de 2019

Horário: 19h

Local: Arquivo Público de Alagoas, Rua: Sá e Albuquerque, S/N, Jaraguá (em frente à administração do Porto e ao lado da antiga Estação Ferroviária)