Notícia

Gabinete Civil

Gabinete Civil do Estado de Alagoas
Quinta, 01 Outubro 2020 18:48
INCLUSÃO SOCIAL

Governo investe em centro educativo para população vulnerável no Vergel do Lago

Governador em exercício, Tutmés Airan, assinou Termo de Fomento entre a Seades e a Comunidade Espírita Nosso Lar para a construção do complexo, que beneficiará mais de 5 mil famílias

Solenidade de assinatura do Termo de Fomento entre a Seades e a Associação Espírita Nosso Lar para a construção de centro educativo Solenidade de assinatura do Termo de Fomento entre a Seades e a Associação Espírita Nosso Lar para a construção de centro educativo Thiago Sampaio
Texto de Wellington Santos com Agência Alagoas

O governador em exercício, Tutmés Airan, assinou, nesta quinta-feira (1º), ordem de serviço para a construção do Centro de Formação Irmã Blandina, que funcionará na Comunidade Espírita Nosso Lar, no bairro do Vergel do Lago. O projeto atenderá a população da favela Sururu de Capote com espaço de 1.100 metros quadrados, 14 salas, que funcionará em tempo integral e oferecerá cursos de capacitação profissional, alfabetização de crianças, jovens e adultos, preparação para o Enem, biblioteca e aulas de música e dança.

 

"O Nosso Lar faz um trabalho extraordinário e a assinatura veio coroar isso. A comunidade espírita terá à disposição uma ferramenta profundamente transformadora. É uma obra que vai fazer bem a muitas pessoas", afirmou Tutmés Airan.  

 

O governador em exercício lembrou ainda a parceria que o Nosso Lar tem com o Judiciário, por meio de um centro de mediação e conciliação no local.

 

Para o presidente da Comunidade Espírita Nosso Lar, Vitor Menezes, o momento é de alegria. "Estamos há quase 30 anos naquela região, que é de muita vulnerabilidade. É muito bom ver que estamos todos unidos pelo mesmo propósito. Não há outro caminho que não seja o da educação". 

 

O secretário do Gabinete Civil, Fábio Farias, que assinou os recursos do projeto/convênio com Nosso Lar como testemunha, ressaltou a importância social da obra que vai beneficiar uma população estimada em mais de 5 mil pessoas abaixo da linha de pobreza.

 

“Este trabalho vai dar muitos frutos numa região muito pobre de Alagoas. O Estado dá, desta forma, uma contribuição ao importante trabalho desenvolvido pelo Nosso Lar, que é fantástico. Fico muito feliz de esse convênio ter sido assinado também pelo meu amigo governador em exercício, Tutmés Airan, que é uma pessoa muito sensível às questões sociais”, disse Farias.

 

 

O secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Silvio Bulhões -  pasta pela qual o Termo de Fomento foi assinado -, estima que mais de 500 famílias sejam beneficiadas com o projeto. "Esse é um número que o Nosso Lar está trabalhando para ser ampliado. O Estado financia a infraestrutura, mas todo o trabalho será feito pela comunidade espírita, com voluntários e que vai permitir inclusão social". 

 

A previsão é que as obras durem de seis a oito meses. A solenidade de assinatura contou com a presença ainda do juiz auxiliar da Presidência do TJ-AL, Manoel Cavalcante, do presidente do Fundo Especial de Modernização do Judiciário (Funjuris), do deputado estadual Silvio Camelo, entre outras autoridades.