Notícia

Gabinete Civil

Gabinete Civil do Estado de Alagoas
Segunda, 21 Janeiro 2019 02:17
ANIVERSÁRIO

Arquivo Público chega aos 57 anos com programação especial a partir desta terça (18)

Um dos eventos é o já tradicional Chá de Memória; programação segue até o dia 21 com várias atrações ao público

Tradicional Chá de Memória abre comemorações dos 57 anos do Arquivo Público Tradicional Chá de Memória abre comemorações dos 57 anos do Arquivo Público André Palmeira
Texto de Wellington Santos

Texto de Wellington Santos

Com o tema “Um arquivo vivo e aberto ao público”, o Arquivo Público de Alagoas (APA) - órgão pertencente ao Gabinete Civil - inicia as comemorações de seus 57 anos de existência a partir desta terça-feira (18), às 16h, com o já tradicional Chá de Memória.

A programação de aniversário se estenderá até o dia 21 deste mês, na sede do APA, à Rua Sá e Albuquerque, no bairro de Jaraguá, em Maceió.

A semana comemorativa aos 57 anos de fundação do Arquivo Público é uma forma de apresentar à sociedade as ações implementadas que vêm dando certo, a exemplo do Projeto Chá de Memória, que chega à sua 28ª edição, sempre atraindo um número significativo de intelectuais, estudantes e profissionais de várias áreas.

"Neste Chá de Memória Especial ocorrerá o lançamento do catálogo de um dos acervos fotográficos mais valiosos com as imagens do fotógrafo Luiz Lavenére, cujos negativos em vidro são únicos e pertencem ao Arquivo Público, agora, disponíveis para os alagoanos. Outra atração será o lançamento das monografias premiadas no I Concurso de Monografias do Gabinete Civil e Arquivo Público, como fomento à pesquisa na instituição, e a reinauguração da galeria dos governadores desde a província", anuncia a superintendentente do Arquivo, Wilma Nóbrega.

Ainda na programação da Semana Comemorativa dos 57 anos, no dia 19, quarta-feira, será ofertada oficina de preservação, conservação  e pequenos reparos de acervos bibliográficos e arquivísticos, com vagas limitadas.

Já nos dias 20 e 21, ocorrem as visitas guiadas e palestra com o professor-doutor Edvânio Duarte, do Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), que, junto à superintendente Wilma Nóbrega, abordará o tema "Arquivos e Bibliotecas, equipamentos culturais indispensáveis para a formação do cidadão consciente".