Notícia

Gabinete Civil

Gabinete Civil do Estado de Alagoas
Quinta, 19 Março 2020 13:27
SAÚDE PÚBLICA

Covid-19: Governo suspende academias, cinemas, Centrais Já! e Instituto de Identificação

Para conter o coronavírus, governador anunciou também mudanças no Detran, Alagoas Previdência, Perícia Médica, bares e restaurantes

Texto de Severino Carvalho

O governador Renan Filho anunciou, no início da noite de quarta-feira (18), a suspensão, em toda Alagoas, do funcionamento de academias esportivas de todas as modalidades e de salas de cinema por, no mínimo, 15 dias. As novas medidas de enfrentamento ao coronavírus entram em vigor a partir da publicação dos decretos no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (19) e incluem, ainda, a suspensão ou diminuição do atendimento em órgãos públicos que têm alto fluxo de usuários.

 

As Centrais Já! de todo o estado e o Instituto de Identificação vão suspender o atendimento ao público pelos próximos 15 dias e passam a trabalhar somente com o expediente interno. Já o Detran (Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas), a Perícia Médica e o Alagoas Previdência reduzirão o atendimento presencial para diminuir a aglomeração de pessoas, principalmente de idosos.

 

Passa a ser exigida, também, a distância mínima de um metro entre as mesas de bares e restaurantes em todo o estado. “Amanhã divulgaremos medidas econômicas para fortalecer a capacidade dos pequenos e médios empreendimentos, para que superem essa crise causada pela Covid-19”, anunciou Renan Filho.

 

O anúncio foi feito por meio de transmissão ao vivo (live) pelas redes sociais. As medidas se somam ao pacote de ações que vêm sendo anunciadas desde o início desta semana, que inclui a suspensão das aulas na rede de ensino, a limitação de público para realização de eventos abertos e fechados, a realização de campanha de utilidade pública, entre outras.

 

Confira abaixo a lista das providências já estabelecidas pelo Governo de Alagoas para conter o avanço do coronavírus no estado:

 

Instalação de 105 novos leitos de UTI para pacientes graves

O Plano Estadual de Contingência elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) contempla a instalação de 105 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados exclusivamente para atender pacientes infectados pelo novo coronavírus e que apresentem estado de saúde grave. “Os 105 leitos não existiam, são leitos novos e exclusivamente usados para o tratamento da Covid-19”, reiterou o governador Renan Filho. Os novos leitos irão funcionar em Maceió e no interior.

 

Suspensão das aulas em toda a rede de ensino estadual

Durante entrevista coletiva realizada na terça-feira (17), o governador determinou a suspensão das aulas da rede pública de ensino pelo período de quinze dias, a partir da próxima segunda-feira (23), mas com a manutenção do fornecimento da merenda escolar. A medida foi seguida pela prefeitura de Maceió e por todos os municípios do Estado.

 

Ao evitar a concentração de alunos nas salas de aula, a providência visa minimizar a velocidade de contágio entre os estudantes. Ao fim do período, o governo avaliará a necessidade de prorrogação. “As aulas serão suspensas para que as famílias possam se preparar: comunicar no seu local de trabalho, verificar quem vai ficar com as crianças, e essa organização exige tempo”, explicou Renan Filho.

 

Suspensão da chegada de cruzeiros marítimos e inspeção em navios cargueiros

Por meio de decreto, o Governo proibiu operações de atracação de navios de cruzeiro e de outras embarcações de passageiros de grande porte no Porto de Maceió. Em complemento, solicitou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a inspeção em todos os navios cargueiros que pretendam aportar em Maceió.

 

Campanha de utilidade pública

Diante do caso emergencial, o Governo de Alagoas anunciou o lançamento de uma campanha de utilidade pública que será veiculada em jornais, TVs, rádios, sites, redes sociais e em locais de grande circulação de pessoas.

 

A campanha vai terá dois focos principais. O primeiro trará informações sobre procedimentos de higienização pessoal com o objetivo de garantir a sanidade do indivíduo e de evitar a proliferação do vírus para outras pessoas. O segundo será a apresentação de um fluxograma com orientações para as pessoas que apresentem sintomas como tosse, coriza e dificuldade para respirar. “Nesse caso, elas precisam ir a um posto de saúde. Quem vai identificar a necessidade de fazer o teste para Covid-19 é o médico”, adiantou o governador.

 

Suspensão de eventos

Uma das primeiras medidas, também presente no decreto publicado no início da semana, foi a suspensão de eventos em locais abertos com público superior a 500 pessoas, e em locais fechados com mais de 100 pessoas. “A gente precisa prevenir, reduzir aglomerações – tudo com serenidade –, para que o efeito do surto de Covid-19 em Alagoas permita que a estrutura de saúde pública dê as respostas necessárias. O fundamental é que a gente reduza a intensidade do contato inicial”, avaliou Renan Filho.

 

Suspensão dos jogos do Campeonato Alagoano de Futebol

A presença do público nos jogos do Campeonato Alagoano de Futebol também está proibida. As partidas, por enquanto, podem ser realizadas com os portões fechados. “A colaboração do público é fundamental. Um decreto é uma regra. Se a regra não é cumprida, não teremos os resultados esperados por ela”, comentou o gestor.

 

Fechamento de teatros, museus e bibliotecas

Os equipamentos culturais como bibliotecas, museus e teatros também ficarão fechados ao público por determinação governamental. Apenas o funcionamento interno das instituições será mantido.

 

Realização de testes para detecção da Covid-19

A partir da quinta-feira (19), o Estado de Alagoas estará habilitado a realizar os exames de pessoas com suspeitas de Covid-19. Até então, os testes eram enviados para laboratórios em São Paulo e levavam sete dias para a entrega dos resultados. Agora, graças aos 960 kits destinados pelo Ministério da Saúde, os exames serão realizados pelo Laboratório Central de Alagoas (Lacen), que divulgará o resultado em até 48 horas. Detalhe: os testes serão feitos exclusivamente em pacientes com sintomas do vírus.

 

“Vamos fazer aqui no Lacen, com toda a estrutura necessária. Com isso, a gente espera garantir mais agilidade nas respostas para casos suspeitos. Isso vai ajudar o Estado em tomar medidas mais assertivas e capazes para conter o surto de coronavírus em Alagoas”, informou o governador.

 

Teletrabalho para servidores com idade maior que 60 anos

Como as pessoas acima de 60 anos estão no grupo de risco, os servidores públicos enquadrados na terceira idade ou portadores de doenças crônicas com risco para coronavírus foram liberados para ficar em casa e, quando for o caso, trabalhar remotamente. As exceções são os servidores da saúde e da segurança, bem como secretários de Estado, secretários executivos, secretários especiais e presidentes de órgão e seus substitutos.

 

A administração governamental também passou a recomendar reuniões por meio de áudio e videoconferência. O atendimento presencial que pode ser prestado por meio eletrônico ou telefônico também está suspenso temporariamente. “Estamos trabalhando para que os servidores possam atuar na prestação de serviço ao cidadão, mas também garantir duas coisas: a sua saúde pessoal e a sanidade da população de maneira geral”, assinalou.

 

Recomendação às empresas de transporte coletivo, aeroportos e terminais rodoviários

Em diálogo com as empresas, o Governo recomendou a ampliação do rigor na limpeza do transporte coletivo, além da obrigatoriedade do uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), luva, álcool em gel e máscara pelos motoristas e cobradores. Os mesmos cuidados devem se estender aos funcionários dos terminais rodoviários e do aeroporto.

 

“Estamos dialogando e já fiz recomendações a iniciativa privada. Fechamos bibliotecas e museus e estamos avançando para suspender o atendimento em academias de ginástica e nos cinemas”, assegurou Renan Filho.